9 Tendências de marketing no agronegócio para ficar de olho

Tempo de leitura: 7 minutos

Como esta sua estratégia de marketing no agronegócio?

Se eu te falasse que existe uma ferramenta capaz de aumentar suas vendas sem muito investimento financeiro, e em pouco tempo?

Saiba que ela existe, inclusive faz bastante tempo, e se chama marketing.

Essa palavra em sí já desperta nosso lado vendedor. Mas muitos alegam que para usar estratégias de marketing no agronegócio é necessário ter muito dinheiro, e ter uma empresa gigante. Se você pensa assim, prepare-se para mudar seus conceitos.

O especialista em marketing para agronegócio e coordenador da ESPM, José Luiz Tejon Megido, falou sobre as tendências de marketing para o agronegócio que são oportunidades para alavancar suas vendas.

Vou mostrar como você pode usar essas dicas em conjunto com uma estratégia web, que juntas se tornarão uma ferramenta de prospecção arrasadora.

1. Efeito ampliado do produto ao longo de toda cadeia produtiva

Um dos desafios do marketing no agronegócio é ter que explicar e vender os produtos para um público muito abrangente, que é composto de produtores rurais, técnicos das agroindústrias, consumidores finais dos alimentos e do varejo.

As informações correm o mundo de forma instantânea, vivenciamos a era da agrossociedade: se o consumidor não entender sua proposta de valor, ele não vai comprar.  Sendo assim, é necessário falar com a sociedade como um todo, independente de qual setor do agribusiness você trabalhe.

Um exemplo real que podemos dar aqui, é com respeito a produção de calçados de couro. Se o seu cliente não estiver seguro dos caminhos do couro até o calçado, ele não vai querer arriscar seus investimentos numa relação produtores de gado que não entreguem o que é esperado pelos seus consumidores finais.

Sendo assim, você, como produtor de gado, tem que manter altos padrões de controle ao longo da cadeia produtiva, e ao mesmo tempo, manter seu consumidor informado sobre esses padrões, para que gere confiança no seu produto.

2. Publicidade educativa

Muitos comerciantes do agronegócio vendem produtos semelhantes, mas o que faz eles se diferenciarem uns dos outros é a comunicação com o consumidor, não uma comunicação voltada apenas para vender um produto, e sim para informar sobre soluções de problemas.

O consumidor moderno não está preocupado apenas com preço, ele quer ir além, deseja saber sobre a origem do algodão utilizado, como se dá a irrigação das plantações, o cultivo das árvores, como carbono é dispersado na atmosfera, e outros assuntos relacionados à produção.

É aí que você, como empreendedor da agroindústria entra, descubra quais são as dúvidas e dores do seu cliente, e do cliente do seu cliente. Ensine-os com conteúdo profundo e relevante, essa estratégia inclusive é chamada de marketing de conteúdo.

marketing no agronegocio

Veja aqui O que é marketing de conteúdo e como sua empresa agro pode se beneficiar

Você pode e deve utilizar essa ferramenta poderosa. Por exemplo, se o seu cliente se preocupa com desenvolvimento sustentável, fala para ele como é a cadeia de produção, onde ela ajuda a natureza, e como seu produto, e a forma como ele é desenvolvido contribui para mudanças positivas no meio ambiente.

3. Ênfase na percepção de valor

Não venda apenas um produto, venda o benefício que ele traz para seu cliente, ressaltando principalmente aspectos ligados a qualidade de vida.

Conscientize seu cliente de forma educativa sobre aspectos relacionados à produção, gestão ou até mesmo técnicas de como realizar determinadas tarefas.

Por exemplo, escreva conteúdos sobre como reduzir o uso de defensivos agrícolas. Artigo como a agricultura de precisão pode aumentar a produtividade ou até mesmo conteúdo sobre como melhorar a gestão de uma lavoura.

A sua estratégia de conteúdo vai depender de quem você quer atrair para seu blog. Você precisa ter uma persona definida. Persona é um personagem fictício muito próximo do real do que é seu cliente.

Veja este exemplo.

Persona marketing no agronegócio

Veja este artigo que escrevi explicando Como encontrar mais clientes no mercado do agronegócio usando a internet

Deixe claro para seu consumidor que você se preocupa com pesquisas, e que realiza elas principalmente buscando aumentar os benefícios que seu produto traz ao fornecer soluções.

4. Ter um orçamento definido para produção de conteúdo educativo

Antes, o marketing de conteúdo voltado para a educação do consumidor final era praticamente inexistente, mas devido às mudanças comportamentais do consumidor, se faz cada vez mais necessário investir na educação.

Por isso, é essencial definir um orçamento exclusivo para desenvolvimento de ações educacionais, que envolvam monitoramento e presença nas redes sociais. Você precisa estar onde seus clientes estão, além disso, precisa estar preparado para isso.

Só escrever conteúdos aleatórios não resolve, você precisa falar sobre o que o consumidor quer ler, por isso é necessário ter uma equipe preparada para isso.

Veja uma das ações que fizemos para a Knapik.

Sucesso com o Facebook agronegócio

5. Estar presente nas mídias sociais

Da mesma forma que o seu cliente irá consumir conteúdos educativos no seu site, ele também pode consumir esse conteúdo de uma forma mais condensada através das mídias sociais.

Mensalmente são gastos bilhões de horas com redes sociais, e esse tempo gasto não se limita apenas a jovens. Empresários e produtores rurais também estão no mundo virtual, sendo assim você também deve estar.

» Melhore sua estratégia de agromarketing. Peça um diagnóstico gratuito! «

6. Comunicação interna voltada para o marketing no agronegócio

Ideias e soluções podem vir de qualquer lugar, principalmente de pessoas que estão intimamente ligadas ao processo, por isso invista na conscientização da sua equipe. Faça um planejamento de marketing no agronegócio que integre todos os membros, e que seja aberto a inovações, independemente de qual setor venha.

marketing no agronegocio
rawpixel.com

Portanto, marketing no agronegócio não deve ser visto apenas como um departamento. Ele deve fazer parte do raciocínio estratégico que vincula cada parte da empresa as percepções das pessoas, do mundo externo e do mundo interno de uma empresa.

7.Criação de uma cultura única

Por meio do marketing educativo no agronegócio, sua empresa criará uma comunicação sólida com todos os envolvidos na cadeia produtiva. Essa comunicação por sua vez, criará uma cultura baseada em informações.

Sua empresa não será vista apenas como a produtora de um produto “X”, e sim como uma difusora de conhecimento. Você conseguirá posicionar sua empresa como autoridade máxima no assunto, que por sua vez irá gerar vendas de forma automática, quando bem trabalhado dentro do funil de vendas.

8.Construção de marcas globais

marketing no agronegocio

(Fonte: Brand Quarterly)

Graças a internet, pessoas do mundo inteiro podem ter acesso ao conteúdo criado pela sua empresa. Como resultado disso você construirá uma marca global, que resultará em capilaridade do agronegócio em escala mundial.

9. Controlar ações antes incontroláveis

Quando criamos um planejamento estratégico com ênfase em marketing de conteúdo, conseguirmos controlar melhor fatores que antes eram incontroláveis, como por exemplo, a percepção que seu cliente tem da sua empresa e seus produtos.

O poder de mudança está em suas mãos, com conteúdo de qualidade, você pode ser um fator influenciador na vida das pessoas. Muitas ações ainda não são 100% controláveis, mas você não pode deixar de aproveitar para controlar o que é.

Essas tendências para o futuro já fazem cada vez mais parte do presente. Ficou curioso para descobrir mais detalhes de como o marketing digital para agronegócio pode alavancar seus negócios? Não perca mais nenhum segundo, converse com um consultor agora mesmo.

Até a próxima!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *